sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

A FELICIDADE É ALTAMENTE CONTAGIOSA

A felicidade do amigo do amigo do amigo aumenta sua felicidade. Não basta ter notícias dele, mesmo sem conversarem, você precisa vê-lo para se influenciar. No entanto, o contato social ou de trabalho com pessoas felizes, mas sem vínculo afetivo, não tem o mesmo efeito. E a tristeza é menos contagiosa. Você não será contaminado pela tristeza do amigo do amigo de seu amigo se o vir. A seleção natural, ao que parece, nos fez mais receptivos ao bom-humor. É o que noticia o New York Times de hoje sobre um estudo do Dr. Nicholas A. Christakis da Harvard Medical School. Para maiores detalhes leia:
http://www.nytimes.com/2008/12/05/health/05happy-web.html?_r=1&ref=health

― 022 ―

Um comentário:

Maria Angélica disse...

Está aí o "espírito de Natal" que não te deixa mentir, não é mesmo?
Só que em termos de *intensidade*, com apenas uma pessoa mal-humorada, seu dia acaba num instante. Affff!!!